sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

BILLY GRAHAM (1918 – 2018)

Fui surpreendido nesta quarta-feira (dia 21), enquanto almoçava, com a notícia de que o pastor e evangelista norte-americano Billy Graham havia falecido em sua casa na cidade de Montreat, na Carolina do Norte às oito horas (10 h de Brasília), aos 99 anos.
Imediatamente fui à internet confirmar a informação e buscar ler o que havia sobre o tema. O que eu li indica o pouco do impacto que este servo de Cristo – pastor batista – exerceu em nossa geração.

Estas foram algumas manchetes das páginas brasileiras:
G1 (Globo) – Billy Graham, evangelista americano, morre aos 99 anos
Estadão – Morre aos 99 anos Billy Graham, o pastor mais ouvido da história
Istoé – Pastor conselheiro de presidentes americanos morre aos 99 anos
R7 – Billy Graham, líder evangélico dos EUA, morre aos 99 anos de idade
Terra – Morre pastor Billy Graham, um dos maiores pregadores do mundo
UOL – Morreu Billy Graham, o "pastor da América"
Folha – Pastor evangélico Billy Graham morre aos 99 anos nos EUAFilho de fazendeiros se tornou conselheiro espiritual de presidentes

De sites internacionais eu li:
Reuters – O evangelista dos Estados Unidos, Billy Graham, que aconselhou presidentes e pregou a milhões de pessoas em todo o mundo desde a sua natal Carolina do Norte até a Coreia do Norte comunista durante seus 70 anos no púlpito.
CNBC – Graham transformou a vida religiosa americana através de sua pregação e ativismo.
The Telegraph (Inglaterra) – O Sr. Graham, apelidado de Metralhadora de Deus, tornou-se o capelão de facto da Casa Branca para vários presidentes dos EUA, em especial para Richard Nixon. Ele também se encontrou com dezenas de líderes mundiais e foi o primeiro evangelista notável a levar sua mensagem para trás da Cortina de Ferro.
CNN – Um confidente para os presidentes, uma luz guiando gerações de evangélicos americanos e um pregador global que converteu milhões para o cristianismo.
The Guardian (Inglaterra) – Evangelista americano que pregou a milhões em todo o mundo e aconselhou presidentes dos EUA.
USA Today – Ele levou sua Bíblia até os confins da Terra em turnês de pregação que ele chamou de "cruzadas". Os presidentes convidaram Graham em suas horas escuras, e milhões de desconhecidos dizem que ele lhes mostrou a luz.
Corriere della Sera – Foi um líder de direitos civis e conselheiro espiritual de muitos presidentes dos EUA. O pregador evangélico (...) foi um conselheiro entre outros de Harry Truman e Barack Obama.

Na sua conta do Twitter o ex-presidente Barack Obama postou:
Billy Graham was a humble servant who prayed for so many – and who, with wisdom and grace, gave hope and guidance to generations of Americans
(Billy Graham era um humilde servo que orava por tantos – e quem, com sabedoria e graça, deu esperança e orientação a gerações de americanos)

Indispensável deixar o próprio Billy Graham falar:
Um dia você vai ler ou ouvir que Billy Graham está morto. Não acredite numa palavra sequer. Eu estarei mais vivo que estou hoje. Terei apenas mudado de endereço. Terei ido para a presença de Deus.
Billy Graham


Na foto lá em cima, o evangelista Billy Graham ladeado do filho Franklin e dos ex-presidentes George Bush, Bill Clinton e Jimmy Carter (Foto: Chris Keane/Reuters/File Photo)

3 comentários:

  1. Bom artigo
    Mas prefiro quando você escreve mais e cita menos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou confessar: também prefiro escrever. Mas as vezes algumas citações podem ilustrar um pouco. De qualquer forma tomarei em consideração sua colocação.
      Obrigado.
      Abr.

      Excluir